sábado, 28 de junho de 2014

A biblia é a favor da pedofilia? Não, é contra e eu provo

Cristão: cite pelo menos uma passagem na sua bíblia que proíbe/condena pedofilia?

Re
sposta a um infiel que além da pergunta acusou a biblia de não ser guia moral pra coisas importantes.
(Por isso minhas palavras indignadas e asperas):


eu posso te mostrar contra sexo sem casamento e contra estupro e contra incesto. 3 caracteristicas tipicas da pedofilia. se fosse regra o que é regra pra nós, ninguém poderia fazer sexo sem casar, e portanto haveria mais regulamentação e portanto mais dificuldade dessas coisas ocorrerem. Enquanto isso tem criança brincando com o computador agora que só precisa mentir que tem + de 18 anos pra entrar no meio de sites de orgia. A culpa disso é da vossa cultura, vocês que não querem seguir a nossa linha chamando de religião (ainda que esteja em varios outros povos e culturas de diferentes crenças a filosofia do casamento, em oposição constante com essa do liberalismo que aqui impera). 

Vocês falam contra a pedofilia como se a biblia estivesse praticamente mandando fazer. 
Mas é cultura do sexo sem casamento que faz a pessoa se sentir praticamente gay se não fizer sexo ainda na adolescencia. E vocês permitem. 

Me responde uma coisa, se vc é justo: um adolescente pode fazer sexo consentido com outro adolescente se quiser, e até na casa dos pais, os que não seguem a doutrina cristã muitas vezes até o consentem. Agora, o adulto quando o faz é criminoso? Portanto vocês testificam da aprovação dessa pratica. Pq ninguém pode expor ninguém a sexo ou nudez em local publico, mas no carnaval não tem como ver um jornal sem ver, e isso inclui as crianças. tenta navegar no google, ou mesmo aqui sem ver uma imagem pornografica. isso é culpa de quem? 

se uma criança ou adolescente mente, tem acesso a sites pornograficos. não vai demorar muito pra eles mesmos voluntariamente colocarem o conteúdo deles na net e exigirem que permaneça, pq afinal é eles que tem o "direito" né? Essa zona só vem aumentando, e é culpa da vossa filosofia. 

Cristianismo ordena casamento. se a pessoa é muito jovem aos olhos da sociedade pra ter relação sexual então é só impedi-la de casar. Dãh. 

E finalmente, sim, a biblia fala contra a pedofilia, mais espeficiamente, fala que se a virgem quiser casar, passada a flor da idade (significa, desabrochar, já não for mais criança, ser já jovem), faça o que quiser e não peca: casem-se. Portanto Paulo diz especificamente que não há pecado, mas coloca um parentes de condição antes, dela já ter idade para tal. 

¶ Mas, se alguém julga que trata indignamente a sua virgem, se tiver passado a flor da idade, e se for necessário, que faça o tal o que quiser; não peca; casem-se. 

1 Coríntios 7:36 

Mas ok quanto a isso, não é um trecho muito conhecido mesmo e a expressão "flor da idade" também. Mas que tem, tem

domingo, 22 de junho de 2014

O amor de Deus é lógico

Livro de efésios: Que possais compreender com todos os santos qual seja a altura, a largura, o comprimento, e a profundidade. E conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento. Para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.
Ef 3.14-19


14 Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo,
15 Do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome,
16 Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior;
17 Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor,
18 Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade,
19 E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.


Compreenda o que excede o entendimento: 

Deus ama e é racional e sábio. 

Amor não é ilógico. Nós é que somos, não conseguindo raciocinar sobre o amor. 
Amor não é louco. Louco, é, como a razão de Deus, pq Deus é tão sabio que para nós não o compreendo, parece louco, como o amor por não o compreendermos parece loucura, porém é porque nós o somos. Por isso a loucura de Deus é mais sabia que a sabedoria dos homens, porque também o amor de Deus é mais racional que a lógica dos homens, porque ela está errada, e não é verdadeira. 

Amor é valorização. Amar como a si mesmo é ter um amor lógico, coerente. Uma boa escala de valores, uma escala de amor. 

se você ama como a si mesmo logo as vezes será coveniente se sacrificar um pouco ou muito dependendo da circunstancia, pra ajudar o outro, porque afinal ele vale mais que você. Para ajudar a muitos, então muito mais vale do que a si próprio. Não porque você é irracional, mas porque você pensa, e raciocina e conclui com razão: mais vale o bem de muitos do que o de um só. 
E com o amor, criando essa escala de valores e sentimentos, consegue fazer o altruismo, que parece loucura ao egoista, porque o egoista ama a si mesmo e despreza os outros, de modo que a ausencia de amor é o desprezo. 
Mas quando você ama, e se sacrifica pelos outros não amando a si mesmo é porque primeiro, amou o próximo como a si mesmo, e tendo de fazer uma escolha entre o bem pra um ou pra outros, achou mais coveniente sacrificar um. De modo que o amor te faz ser racional, e não carnal, não apegado somente a si, mas lógico, coerente, em reconhecer o valor dos outros. 

Por isso Deus mostrou seu amor não pela abundancia de suas riquezas, mas pela escasses da justiça. Porque faltando justiça no mundo, em nós, Deus mostrou que prefere que o justo sofra por um tempo do que o pecador se perca eternamente. Essa escala é lógica e de bom senso, sendo sabia, é também amorosa. De modo que pela escasses, pela falta do bem Deus revelou sua escala de amores, seu amor. 

assim, de posse das medidas, da formula e da definição, peço que faça você também desse amor, praticando-o em toda sabedoria e bom juizo. Porque o amor e a sabedoria se amam e se conhecem, e quem ama conhece a Deus, e quem não ama e diz que o conhece, ainda não o conhece. Porque o Espirito santo de Deus tem como uma de suas essencias principais o amor.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

A mulher que dá a luz ao menino que governará as nações é Maria? Não

Ap 12

 1. Apareceu no céu um grande sinal: uma Mulher vestida com o Sol, tendo a Lua debaixo dos pés, e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas. 

2. Estava grávida e gritava, entre as dores do parto, atormentada para dar à luz. 
3. Apareceu então outro sinal no céu: um grande Dragão, cor de fogo. Tinha sete cabeças e dez chifres. Sobre as cabeças sete coroas. 
4. Com a cauda varria a terça parte das estrelas do céu, lançando-as sobre a Terra. 
O Dragão colocou-se diante da Mulher que estava para dar à luz, pronto para Lhe devorar o Filho, logo que Ele nascesse. 
5. Nasceu o Filho da Mulher. Era menino homem. Nasceu para governar todas as nações com ceptro de ferro. Mas o Filho foi levado para junto de Deus e do seu trono. 
6. A Mulher fugiu para o deserto onde Deus Lhe tinha preparado um lugar para ali ser alimentada durante mil duzentos e sessenta dias. 



A mulher de Deus. No velho testamento era Israel, no novo é a nova jerusalém que é israel independentemente de origem genealógica, mas espiritual, o reino de Deus, agora na igreja. Porém no fundo é a mesma entidade: o povo de Deus 

Pq quem tem 12 estrelas? Israel tinha 12 tribos, o que faz com que a escolha de Jesus de 12 discipulos forme uma analogia. Tanto que na visão de jerusalém tem o nome das 12 tribos e dos 12 apostolos. 

A nova jerusalém não precisa do sol porque a glória de Deus a ilumina. 
Por isso a mulher é vestida do sol. 
Não há noite lá. 
Por isso a lua está debaixo dos seus pés. 

Deus prometeu a israel por Jesus. Ela quem engravidou espiritualmente. se fosse maria ela teria de ter fugido pro deserto de um dragão. O que não faz muito sentido. 

Maria em todas as cartas é ninguém, praticamente. Jesus é super importante, a doutrina cristã é ensinada vez após vez nas cartas, sem praticamente menções dela. Considerando que Deus já fez a analogia no velho testamento muitas vezes de ser como um homem casado, a sua esposa adorando-o sendo como o relacionamento intimo, e os filhos deles sendo a geração seguinte dessa nação fruto do relacionamento entre os 2, e os filhos da nação adultera como os frutos da idolatria culminando que Deus os considera por fim não seus filhos, faz perfeito sentido que Jesus seja também como o é, filho do espirito de Deus, e portanto filho dessa mulher espiritual, simbólica. 

repare que uma vez que não se ignore a possibilidade, ela faz muito sentido, pq de fato a figura sempre existiu, e Deus prometeu o menino, um menino se nos deu. 
É muita ousadia alguém dizer que é mãe de Deus, porém Jesus quem o disse: quem é minha mãe e meus irmãos? (não era maria, pq ele falou isso em resposta pq queria falar-lhe, mas ele não interrompeu o que fazia para atender): os que fazem a vontade de Deus. 
Encaixa tudo perfeitamente já que nas cartas Jesus é o varão perfeito, adulto, não só como um Pai, mas como o nosso irmão mais velho já que Ele é o unigenito de Deus e nós filhos de Deus não apenas porque fomos adotados, mas porque Cristo está nascendo em nós tb. 

É a semente perfeita de Deus que aviva todos nós, nos sendo modelo.

Profecia messianica indica que Maria teve filhos irmãos de Jesus

SALMO 69:

8 Tornei-me como um estranho para os meus irmãos, e um desconhecido para os filhos de minha mãe.
9 Pois o zelo da tua casa me devorou, e as afrontas dos que te afrontam caíram sobre mim.

João 2: 17 Lembraram-se então os seus discípulos de que está escrito: O zelo da tua casa me devorará.

João 7:

3 Disseram-lhe, então, seus irmãos: Retira-te daqui e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes.
4 Porque ninguém faz coisa alguma em oculto, quando procura ser conhecido. Já que fazes estas coisas, manifesta-te ao mundo.
5 Pois nem seus irmãos criam nele.

E agora católicos? É verdade que nem tudo que davi fala é profecia, mas a biblia diz que essa fala em particular é (mais tarde Jesus faz outra referencia ao salmo ao pedir agua e receber vinagre literalmente quando Davi aparentemente disse que lhe ocorreu figurativamente). Mas repare-se que a frase do zelo da casa é a mesma frase que diz que até seus irmãos o rejeitaram. Ou seja, ou a profecia não valia nem pra uma frase inteira ou Maria teve filhos.

Resolvam essa se puderem, aceito contra-argumentos.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Contexto?

drag quen na the night afirma que passagens contra homossexualidade não valem mais

Comentando sobre o evento da drag quen e seus argumentos que em resumo dizem que assim como outros pontos fora de contexto cultural, as passagens biblicas contra a homossexualidade estão fora de contexto.

Resposta:

respeito o direito da pessoa na sua  particular interpretação da biblia acerca da homossexualidade a questão do contexto cultural, mas discordo da posição.

A homossexualidade se difere dos outros pontos por ela apresentados porque de ponta a ponta a biblia sempre reprova a homossexualidade, e nunca a aprova.
não apenas em romanos, mas em co 6.10 a instrução é a mesma, além de que antes Deus deu uma lei a israel quem que homossexualidade era pecado abominavel.
Quando algo não varia com contexto, é forte indicador de que se trata de um mandamento independente de cultura e época (da lei pra Paulo tem + de um milenio.

Em oposição uso e costume temos recomendação de mulher cabelo comprido e homem cabelo curto nas cartas mas no V.T homem tem de ter cabelo cumprido. Comida antes da lei podia comer tudo, na lei não comia porco, e na graça come-se tudo. Ai soou desonestidade intelectual ou ignorancia apontar que a biblia manda não comer, quando a estrutura como um todo em resumo diz: agora livres.

A mulher calada em uma cidade de adoração a deusa da fertilidade com sacerdotisas sexuais que supostamente encarnam a própria deusa é uma coisa que torna o trecho fortemente associado a contexto cultural quando percebemos que a mulher não só ensina, mas profetiza no N.T e tb que uma mulher é autora de uma passagem biblica, pv 31, e portanto tem mais autoridade teológica que qualquer pastor subimisso a biblia.

O mesmo vale pra escravidão, Paulo na carta a filemon luta pra um escravo agora ser tratado como irmão, e embora mande escravos obedecerem senhores, no mesmo contexto manda todos obedecerem autoridades, filhos os pais, etc, tudo que era culturalmente correto, quando é obvio que nem ele achava que as autoridades romanas impondo idolatria eram totalmente certas, e que aquela situação era justa. É uma instrução de boa conduta, não uma aprovação. Tanto é que ele tb diz em outro momento pros escravos que se tiverem condição, busquem a liberdade, ironicamente num contexto onde ele diz a todos os outros grupos como casados, circuncidados que fiquem naquilo em que estão.

Ai a pessoa ignora que o próprio Deus criticou explicitamente a homossexualidade, jamais a aprovou oficialmente, e que ele é mais sabio que a avó dela.

Vc pode supor o que quiser, fato é que até onde Deus revelou, a homossexualidade nunca foi aprovada, e é portanto uma posição no minimo respeitavel assumir que essa doutrina não depende de contexto, tornando a doutrina rival, no minimo controversa.