segunda-feira, 30 de abril de 2012

levitação.avi




Tenho feito diversos truques de mágica. Tanto para entreter quanto para chamar atenção. Nem todos são com a técnica que será a base para o video-game real. Estou ensaiando para ser um grande ilusionista que engrandeça a Deus.

Também estou buscando dons espirituais como o dom de fazer maravilhas, porém ainda não o recebi. As mágicas que hoje faço são truques, tanto de manipulação de imagens com computador quanto de mãos, movimento, distrações, distorção de luz, etc. Mas eu quero ainda o dom espiritual de fazer maravilhas, e recomendo que todos peçam com insistência.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Estudo do Espírito Santo


Hoje estou colocando uma imagem importante. Na verdade é um rascunho dentre tantos, para ajudar a entender as essências do bem e do mal, e do espírito de Deus e do espirito anti-Deus.

Recebi o começo do entendimento sobre isso, as três primeiras palavras: Poder, Justiça e Amor quando fui batizado no espirito santo. Esta é a prova que recebi o dom da ciência.

O que trago é uma grande luz, um ordenamento das essências boas e más. Isto é uma verdadeira imagem de Deus, uma imagem do espirito santo, e do seu "negativo". Considerem como um verdadeiro quadro de Deus, uma representação muito mais justa do que imagens que representam corpos humanos, e não as essências definidoras de Deus e do coração de Deus.

O quadro na verdade é MUITO maior do que eu representei. Há muitas coisas ligadas ao espírito santo. Pulei a parte do conhecimento, verdade, e uma coleção de outros pontos, como a sexualidade, que ainda estou trabalhando para elucidar.

É possível que em mensagens futuras eu esteja descrevendo parte por parte as essências que marquei, explicando a relação entre elas e também a coerência do meu sistema descrevedor do espírito santo (tenho intenção de defini-lo mais e mais claramente até a perfeição) com a bíblia.


Dentre as utilidades disto quero mostrar que Deus é um ser possível e coerente, descritivel, compreensivel, lógico. Mais que isso, quero o por como modelo de ser ideal a ser imitado, valorizado e buscado. Também quero que fique reconhecível as diferenças entre Deus e o mundo ideal, dentre outros. Gostaria que considerassem um mapa do bem e do mal, e um grande guia ético. A imagem ainda irá melhorar. Estou trabalhando para tornar o espirito o mais bem descrito possível. Tenho certeza que é algo maravilhosamente belo.
Já me adianto a informar que o "mal", as coisas "más" como dividas, etc são recursos de quem tem poder, portanto fazem parte das possibilidades de criação e/ou permissões divinas.

Segue a imagem (copiem se quiserem, porém virão melhores):




ainda, há um vídeo no youtube explicando-o. Mas deve-se ver em tela inteira.




http://www.youtube.com/watch?v=Y0YEKigbH8g&feature=colike

http://cientistadedeus.blogspot.com.br/

sábado, 21 de abril de 2012

Novo video - Conheça a Luz e as Trevas - Uma aula de Lógica de Cristo.avi





Esta mensagem é a mensagem que fiz um artigo sobre. Luz e Trevas. Eventualmente pretendo fazer também um livro. Tenho intenção que minhas mensagens principais sejam divulgaveis tanto em e-book, quanto livro fisico, videos online, DVDs...

A mensagem fala de uma simbologia biblia que é muito usada por Jesus em suas parabolas. Percebi recentemente algo fascinante: a simbologia biblica tem analogias que muitas vezes se extendem, e se aplicam em vários momentos. Como um vocabulario poético "secreto". Esta simbologia, a da luz e trevas, é fonte de entendimento de muitos trechos, e complementando-se com outros, torna profecias, parabolas, e diversos trechos muito mais compreensiveis.

Como se não bastasse, essa era uma das evidencias que eu estava crendo que existia, e que estava procurando encontrar: uma evidencia da inteligencia de Jesus sobre tópicos seculares. A lógica de Jesus é superior a lógica aristotélica, está um passo adiante, não falando de verdade e falsidade simplesmente, mas de conhecimento verdadeiro e falso, e da relação disso com a psique do ser humano, vinculando o assunto das crenças com a psicologia. Desta forma, Jesus se torna merecedor de uma honra, de cientista, que lhe tem faltado.

Certa vez ouvi uma mensagem de um ateu dizendo "Se Jesus sabia de coisas tão avançadas porque não contou algo que mesmo que ninguém entendesse, séculos depois nós cientistas confirmariamos"? Ouvi essa fala duas vezes. E eis, a verdade: Jesus falou de um tópico, por parabola, muito importante: a lógica do conhecimento.

Também tenho adicionado truques de mágica no youtube. Longe de serem somente uma brincadeira, além de chamar atenção e entreter, serão base para introdução ao conceito de video-game-real que estou desenvolvendo. Jogos já estão sendo preparados.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Truques com imagens, base do video-game real


Estou treinando e ensaiando para fazer um jogo estilo video-game real. O mecanismo faz uso de imagens reais, criando um jogo em que se controla videos, mas da realidade.
A idéia é baseada nos uso de desenhos nos jogos comuns, utilização de sprites (fotos de personagens) e animações com elas. Estou explorando os recursos. Mais tarde explicarei + sobre diferentes mídias e onde exatamente o video-game real se encaixaria.

Estou pensando seriamente em fazer um curso de webdesign que incluiria conhecimento para edição de imagens, de maneira + profissional. As finanças estão dificeis, mas é uma possibilidade.

Este video (um gif, na verdade) foi feito como um treino da técnica que é usada no jogo. 




E, eis, a bolinha de volta, mostrando + um recurso interessante de animação:



Fiquem a vontade para descobrir como fiz.

Segundo truque: A Lente da Verdade.
A lente da verdade: Baseado no objeto mágico de mesmo nome da série de jogos Zelda, fiz um truque da lente da verdade. Coisas que são invisiveis se tornam visiveis usando ela.






Esse é um tanto mais complicado de fazer, e consequentemente descobrir como faz.

Em breve, talvez eu poste um programa que permita você controlar a mão filmando a lente, deste mesmo video. Há outros muitos recursos que estou explorando.

Aproveitando, queria comentar que mágicos normalmente são ilusionistas, fazem truques, enganam um pouco, de modo que não se saiba a realidade. Eles não fazem "maravilhas" por poder, fazem algum truque, descumprem alguma coisa. Apesar disso, muitas "maravilhas" são realizaveis de verdade com tecnologia. Seres espirituais também podem, tendo poder acima do nosso, realizar "maravilhas" de verdade. Sempre tem uma explicação, uma lógica, mas nem todas as maravilhas precisam ser falsas. A exemplo, tem pessoas que DE FATO saem da roupa de louco. Não é truque. Mas eles tem experiencia em fazer isso, e algumas estratégias. Cientistas buscam o teleporte, maravilhas tecnológicas estão sendo criadas. A diferença é que nós sabemos vagamente como são feitas tais coisas, e por isso temos mais facilidade em crer que são reais.

O que eu fiz nesses dois videos, porém, são mágicas, ilusionismo. Não é real. Não é milagre, e mais que isso:  são mágicas que só são possíveis fazer em vídeo, não cara a cara. É de um tipo de mágica relativamente novo, que é a magica do cinema: os efeitos especiais. Juntando os efeitos especiais com a idéia do video-game real, muitas coisas poderão ser feitas.



Nota: a qualidade visual parece ainda pior em gif... Não havia notado estar tão ruim.
Foi feito com web-cam. Vou considerar fazer com outra câmera. Mais uma vez, o problema das finanças é razão da baixa técnologia, mas eu tenho uma que deve ser melhor, eu espero. Ou talvez tenha sido falta de energia na câmera... Acho que já fiz filmagens e fotos melhores com a web-cam.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Midia - Artes em análise e estudo 3 - Conteudo apateista não saúdavel

O conteúdo de mídia, filmes, jogos, desenhos, etc não saudavel é muito vasto.

De forma geral é muito facil achar coisas más.

De forma geral, filmes, séries e desenhos, jogos, etc tem alguns temas ou conteúdos principais particularmente danosos:

Indecencia sexual - A desordem e perversão sexual, está presente especialmente nos filmes pornograficos, mas não se restringe a eles, passando também em diversos filmes chamados "sérios". O conteúdo é abundante na internet, em canais proibidos e outros a noite. Não se esquecendo de programas de humor que frequentemente o tem. jogos, especialmente de luta, costumam usar seminudez feminina também. A sexualidade é objeto de brincadeira para artistas que não dominam os conceitos éticos sobre o assunto nem para si próprios e suas familias, mas influenciam as massas.

Violência - Tipica de filmes, séries e jogos, é fonte de entretenimento social. É dificil achar um cristão que não esteja habituado a ela. A violência simulada, tanto em filmes, quanto desenho quanto jogos tem a tendencia de se tornar mais e mais realista conforme a tecnologia avança, e sendo explorada mais e mais de maneira escandola.
Cito como indicador de que isso é verdade a série batmam. No inicio, na época do carro azul, parecia muito infantil. Depois, indo para a série de filmes do batmam de carro negro, ficou um tanto mais "madura" (na verdade seria imadura, e irresponsável) usando mais e mais violência e maldade. Na terceira série de filmes a violência se tornou espantosa, com serial kilers de faca, e destruidores do mundo.

A violência é um mal, sem duvida, mas está TÃO impregnada na nossa cultura, TÃO empregenada que somente quando jogos parecem ir ainda mais além nela, forçando-a mais um pouco, como na série RESIDENT EVIL, ou GTA, que as pessoas, cristãs, reclamam. Quando reclamam. Não nego que fiz de hipocresia, brincando com coisas do tipo, e vendo filmes o tempo todo.

não posso dizer que fui o unico. Antes, ao contrario, a violência é tanta que filmes como os da série Narnia, de conteúdo relativamente cristão, contém isso, e em dose consideravel.

Jogar jogos complexos, desafiadores, maduros, sem violência se tornou algo muito dificil. Ironico é que "maduro" inclui a arte de ser violento. Pais reclamam de filhos, quando na verdade sempre assistiram conteúdo semelhante.

Destaca-se nos desenhos os animes (muitos deles são MUITO violentos e perturbadores), especialmente "Dragon Ball (Z, GT, tanto faz), Cavaleiros do Zodiaco (muitissimo violento), e jogos de luta de forma geral, guerras, Counter Strike, Resident Evil, Mortal Kombat...

Feitiçaria - Como não poderia deixar passar, essa é a grande criticada pelos cristãos. A violência, tão comum na nossa cultura, parece não ser alvo de criticas diretas. Já a feitiçaria é frequentemente criticada, apesar de estar na nossa cultura. Não sem razão, deve ser criticada. Ela faz apologia a magia e feitiçaria, brincadeiras com demônios, dragões, contaminando a mente da sociedade... Mesmo que não significasse NADA em termos éticos (e significa, por que o espíritismo, magias, e idolos se glorificam aqui) seria uma vergonha que dentre todas as coisas nós passamos a brincar de sermos "bruxinhos".

Harry Potter, é claro, é o primeiro da lista. Mas a magia está até em Narnia. Séries de jogos incluem isso o tempo todo, especialmente RPGs (sejam de tabuleiros ou eletronicos), que contém até rituais.

Magos brancos, magos negros, feiticeiros, bruxos, são tipicos desta cultura que precisa ser MUITO santificada. Estou muito habituado a ela, tendo jogado MUITO um jogo que usa esse tipo de cultura (e outras) com abundancia: A Lenda de Zelda (the legend of Zelda).

Este, dentre tantos outros jogos, como de costume, podem ter partes educativas, incentivadoras da inteligencia, criatividade, astucia, e habilidade, etc etc, mas contém magia, feitiçaria, e deuses alheios. Ele não deixa de entrar numa categoria que mencionarei a seguir, e é claro, não escapa da tipica violência:

Criação de Demônios

Vampiros, Zumbis, orcs, e demônios de forma geral são CRIADOS INTENCIONALMENTE por pessoas que desprezam isto, brincando com o mal. Jogos são os que mais se banham nisso, mas seria injusto dizer que somente eles tem tal cultura. Antes, filmes e desenhos medievais frequentemente tem isso.

Vampirismo mereceria até uma atenção especial, pois está ligado fortemente a satanismo, e crença de vampiros. O conteúdo é maligno e desprezador do valor das almas.
Jogos como o já citado Resident Evil trazem pessoas mortas-vivas, doentes, apenas para eliminar a compaixão de extermina-las discriminadamente das formas mais violentas e eficientes possivel.

Inimiguismo

De forma geral, violência, feitiçaria, e demômios são todos sistemas de uso do mal, e em particular há uma criação de inimigos.

Inimigos são criados DE PROPÓSITO MAUS, FAZENDO O MAU para atormentar os heróis, com intuito de manter uma boa trama. Isso é danoso, porque enquanto eles estão ali, não são convertidos, as pessoas acostumam-se a idéia dos maus não se salvarem, a compaixão é perdida, e eles fazem muito mau, mal tão tão grande que impressiona, e que só é permitido justamente porque é falso. PARECER MAU pode, PARECER QUE MATOU, ESFAQUEOU, ATIROU, EXPLODIU, TORTUROU, pode. Só fazer que não. O resultado ainda acaba por trazer uma imagem as vezes PIOR tanto de anjos rebeldes, quanto de humanos pecadores, do que é para ser, colocando inimigos como seres invenciveis, iniconvertiveis... E ai o cristianismo se retrai e cristãos se acostumam com vingança e o ódio... Assistindo TV ou jogando.

Terror

Isso tudo nos leva ao grande horror da imaginação humana. Filmes de terror são basicamente brincadeiras (NÃO educativas) com o mau, verdadeiras TORTURAS PSICOLÓGICAS com intenção de entreter. Sob esse pretexto, vale arrancar a cabeça, criar demônios, fantasmas, gritos, dores e até crianças zumbis. O terror se sustenta com o fato de que pessoas assistem e jogos: INCLUSIVE CRISTÃOS, acostumados com o sistema. Quando a glória das pessoas é enfrentar o mal, casas mal assombradas, filmes terriveis de demônios gigantescos (e aqui entra a temática cristã, no seu pior lado), maldade atrás de maldade.
O horror é dito como brincadeira. Por isso se pode queimar pessoas vivas (só não são de verdade, mas parecem muito ser) para "entreter" crianças e adultos. Lamento, crianças, vocês terão de ir para o quarto... Jogar video-game, usar o computador... É, só que lá tem tudo isso e até mais.

Jogos de terror, como o famoso Resident Evil, lider do genero, fazem o mal crescer na terra. IMAGINA-SE O MAL, O PIOR MAL POSSIVEL, DE PROPÓSITO, para ganhar dinheiro. A imaginação das pessoas é dedicada ao mal.

Fiquem longe de "Jogos Mortais", "Resident Evil", "O chamado" (e a lista é interminavel). Séries VICIAM, quer boas quer más.

Romance - Amor proibido

Tendo já a pornografia, com demonstrações violentas de sexualidade, em forte desordem, desestrurando a familia e pervertendo a sociedade a fantasias socialmente indesejaveis, o romance não vem para ajudar...

Ou melhor, VEM, mas numa visão apateista.
Há casos raros como "um amor para recordar" que dão uma vistão cristã, benigna, pura, fiel.

Porém, uma grande porção de romances trazem o DETESTAVEL triangulo amoroso, tipico também de novelas. Neste sistema, há adultérios e seduções, e não pouco sofrimento e drama. Mais uma vez, se ajuda a sofrer, só que de tristeza, não de medo, para entreter-se, sentir-se vivo, mesmo as custas da perda da ética e criação de inimigos e sofrimento.

Não querendo ser injusto, romances tem também o seu lado educativo, sobre como lidar com as mulheres, ser gentil, romantico (no bom sentido, de amoroso), agradavel, lutar pelo seu amor. Tudo isso há. Os romances destacam-se muito nessa area. Mas falham frequentemente com Deus diante de nós cristãos, habituados a não fazer histórias e sim assistir a dos outros: sexo sem casamento é comum no romance, bem como amor proibido. Ele também costuma ter o mau humor, o próximo da lista.

Mau humor - Ou humor, comum, da sociedade, como preferir

Os filmes de "comédia" são na verdade, com FORTISSIMA frequencia pretexto para rir da desgraça alheia, depravação sexual, desgraça dos mocinhos, absurdos, loucura, estupidez. Se ri da burrice, e de situações estranhas enquanto depravação sexual passa as risadas. Comum de programas de comédia, e filmes é isso, bem como o chamado "humor negro", a corrupção, a maldade... Não conheço UM filme que me venha a memória que não tenha alguma dose, normalmente alta, de humor ruim.

Comédias romanticas não são excluiveis. Aqui e ali, ainda, volta e meia pessoas "estranhas" e situações "estranhas" que são razão de riso para pessoas tolas, ensinadas com programas como Chaves e pica pau a rir da desgraça dos outros, ao mostrar homossexuais travestidos, pessoas de carater incerto, e as chamadas "bixas loucas". Enquanto se fala de respeito a homossexuais, eles são alvo de situações repulsivas para se rir deles... E depois a consciencia bate, e querem até se orgulhar dos que tanto zombaram.

Friends, The Big Bang Teory, Two and a Half Man, são só alguns exemplos de filmes que passam sexualidade sem casamento, desordem, depravação, onde se ri da corrupção e maldade alheia, e até se zomba de Deus e da moralidade. Passem bem longe, deixando junto com Simpsons, South Park, dentre outros. Na verdade, fica uma dica: se você estiver rindo, em qualquer momento, com filmes, séries, desenhos... Deveria estar bravo e chorando se tivesse um coração ajustado com relação ao humor, na MAIORIA ESPANTOSA dos casos. Isso digo de experiencia própria.

O assunto do humor é tão importante que renderá material a parte.


Rivalismo - Pai do egoismo
Ainda, jogos de esportes, competição, mesmo não sendo luta, são prejudiciais na sua forma de entrenimento, assim como as atividades que as inspiram, por incentivar a DESUNIÃO, a COMPETIÇÃO, o EGOISMO.

Não se iludam, estas praticas tornam pessoas egoistas, vaidosas, e desinteressadas em amar o próximo como a si mesmo. É aqui onde o cristianismo morre e nós olhamos e dizemos "mas... É o que temos"

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Midia - Artes em análise e estudo 2 - Conteudo apateista saudável

apateísmo significa indiferença quanto a existência de Deus. Quando falo de conteúdo apateista quero me referir a todo tipo de arte, filme, série, que não demonstra interesse na crença de Deus, não levando a existência de Deus e seu reino com seriedade, ou simplesmente não tratam do assunto por considera-lo distante e inconveniente.


o conteúdo desse tipo é fruto de uma imaginação, e não corresponde com perfeição a realidade, mas faz o serviço de mostrar um mundo onde Deus pode muito bem não existir. Sendo os mundos ficticios, há grande espaço para pecados que talvez Deus impedisse no mundo real. Não ignorando também que a manifestação de Deus é um evento raro, o problema principal desse grupo é que acabam deixando entrar suas filosofias contrarias a Deus (como sexo sem casamento, violência, e falta de moralidade de forma geral, com humor maldoso, mentiras, desonestidades, inimiguismos, etc).

Nem sempre isso é verdade. No artigo anterior citei um genero de filme baseado em crenças cristãs, os filmes apocalipticos, que são muito contrarios a filosofia cristã de amor aos inimigos, e luta pelo bem de todos, e distanciamento do mal.

Assim também programas apateistas são assistidos por cristãos normalmente, e muitos programas podem ser muito educativos. É por esse relativismo ético fruto de um entretenimento basicamente apateista (que dificulta a santificação) que frequenetemente cristãos discutem sobre se certos conteúdos são bons ou não.

Recomendo algumas séries que são educativas:

Desenhos

Doug é o primeiro que me vem a memória. O desenho é educativo em ética, e tem consideravel romance. Não estou dizendo que não tenha defeitos, mas é um bom exemplar de tentativa de criar uma história de ser um bom garoto, gentil, educado, e fazer amigos.

Outros muitos desenhos, teóricamente, podem entrar nesta categoria, de desenhos que fazem muito pouco mal e muito bem.

Ursinhos carinhosos, um desenho antigo de ursinhos benignos, é bastante infantil e educativo.

Confesso que não lembro de muitos. Estou excluindo desenhos que tenham muito forte violência e inimiguismo, inclusive muitos desenhos da Disney, não negando que tenham muitas coisas boas (como é possivel que se encontre até no mais terrivel filme de terror e violência).

Passando adiante para programas, gostaria de destacar o famoso "Castelo Ratimbum" como um caso digno de nota:

O programa é uma jóia de educação moral, de ética, incentivador de curiosidade, ciência, amor a musica, etc, etc, etc... Mas tudo dentro de uma temática de bruxos.

O tema de fantasia medieval e magia são comuns na nossa cultura, e certamente contaminam nossa sociedade, familiarizando-nos com a feitiçaria, que é, de forma simplificada, uma rebelião a Deus, sustentada por sinais dados por anjos rebeldes, que assim garantem que todo tipo de crença, por mais irrealista que o seja, se sustente, criando um pluralismo religioso. Uma das ultimas coisas que um cristão deveria querer é que seus filhos brincassem com bruxaria. SÉRIO. Porém, culturalmente falando, estamos habituados a isso.

Uma razão em particular é esta: o Ratimbum (ouvi dizer que tal palavra pode significar "eu te amaldiçoo", mas duvido que, mesmo sendo isso verdade, tenham dado o nome intencionalmente como mensagem subliminar ou ténica de amaldiçoar os outros. Isso por causa do conteúdo do desenho que indica sinceridade) é um dos melhores programas em educação GERAL, faltando JUSTAMENTE educação religiosa, que ele não se comprometeu a ter.

Concluo isto: devemos criar mais e mais conteúdos educativos.

Seguindo adiante na parte de programas apateistas, temos jornais (que são muitas vezes horriveis em violencia, mas relatam a realidade), que também desprezam a questão da existência de Deus, e defendem com frequencia homossexualismo como uma coisa maravilhosa e que só é mal vista por preconceito, programas educativos dos muitos canais voltados para história e ciência, e mais uma vez, programas infantis.

Tudo isso me faz concluir que temos um comportamento estranho: quando eramos crianças, viamos programas infantis, educativos... Mas conforme crescemos passamos a achar os programas bobos e infantis, mas também perdemos o ar educativo deles, passando a programas não educativos, e até mesmo danosos, ao invés de continuar crescendo com programas mais e mais interessantes.

Há uma terrivel associação de bondade com infantilidade e maldade com ser adulto. Tanto que filmes violentos, ou de sexualidade sem casamento (pornografia), filmes de terror, são classificados não como malignos ou danosos, e tão pouco são proibidos, são classificados como "adultos", para serem assistidos (mentira!) quando eles já estiverem pervertidos o bastante de sua inocencia para não se escandalizar com o seu conteúdo.

Pretendo falar disso mais em outro artigo, onde compararei uma escala de valores éticos com o conteúdo dos programas (que são razão para as classificações que estou fazendo).

Os jogos apateistas saudaveis existem. The Sims, Sims city, e simuladores de forma geral (não de guerra), são educativos, semelhantes a brincadeiras de bonecas (com a vantagem de tirar o ar de feminino), cidadinha... Sâo programas de gerenciamento, treinamento com finanças, amor a trabalho...

Harvest Moon, um jogo de fazenda, se junta a muitos outros jogos que tem contaminação realmente minima e conteúdo educativo alto. Não apenas este jogo há, outros jogos de fazenda também existem, mas de forma geral os jogos masculinos tem muito o tema de violência e morte (razão pela qual falaremos dele em outro artigo), e os jogos feminos são frequentemente os jogos menos danosos.

Infelizmente para os meninos, no antagonismo de torna-los guerreiros e as meninas donas de casa, vaidosas trocadoras de roupa, mães... Quem sai com treinamento para uma vida REAL, e ganha uma mente SAUDAVEL são elas. Coisa que veio da cultura dos brinquedos, e só aumentou.

Por mais que seja estranho para quem está acostumado a jogos violentos, recomendo abster-se deles e ir procurar alguns dos que falei.

Em termos de musica saudavel, pode existir, e muito, mas não estou estudando suficientemente musicas.
Livros é uma das areas MAIS RICAS em conteúdo saudavel que existe para todos, inclusive cristãos.

Mas recomendo manter distancia dos livros de ficção, e focar-se em livros de conteúdo. Por menos agradavel que sejam os livros em relação as outras midias mais poderosas, o resultado pode ser muito melhor no futuro.

Tudo isso que falei mostra as oportunidades que temos e o quanto o mundo ainda precisa de conversão. Neste mundo, os cristãos são treinados não para fazer mídia, mas para assistir somente. E está fazendo muita falta. Entre o desprezo e o ódio, há pouca distancia. Entre o desprezo sobre Deus (que já é um mal em si, pois Ele exige a crença, e a adoração e glorificação), e a desobediência aos seus mandamentos a distancia é bem pequena.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Midia - Artes em análise e estudo 1 - Conteudo cristão

Para cristãos, a tarefa de assistir TV, ver filmes, ler livros, jogar jogos, ou mesmo visitar sites pode ser uma tarefa incomoda, por causa dos seus valores éticos superiores aos da sociedade apateista (indiferente sobre Deus).

Confesso que gastei grande porção da minha vida vendo filmes, programas, e jogos não muito éticos, em parte por falta de alternativa fácil.
Sendo hoje muito mais exigente, sabendo que é mais eficiente converter a cultura do povo do que o povo, um a um, da sua cultura, estou encontrando certa dificuldade para ter programas educativos, cristãos, ou socialmente aceitáveis.


Faço algumas recomendações:
"Nossa TV" - a TV a cabo da igreja internacional da graça, do RR soares, é a mais pura TV que conheço. Não digo que ela seja perfeita, tendo por exemplo a TNT que passa filmes não selecionados com o rigor ético cristão, e canais de esportes que envolvem competição e egoísmo. Mesmo assim, é a TV a cabo mais limpa que conheço, e embora eu não tenha (falta de dinheiro), recomendo que quem quiser diminuir (não eliminar) as influencias más da TV arrange essa. Além disso, financia-la ajudará a TV a crescer, e o mercado de conteúdo ético e cristão a se tornar mais e mais lucrativo e atraente.

Midia cristã:

A mídia cristã costuma variar em dois eixos de criação: bíblicos e não bíblicos, fora as pregações.
Filmes cristãos normalmente são bons para toda a família, educativos em ética, e cristianismo. Comumente são baseados na bíblia, como uma contagem da história em vídeo. Tanto filmes quanto desenhos deste estilo correm risco de serem inexatos, pouco ou muito, a ponto de terem erros gravissimos.

Desenhos animados


Há uma coleção de desenhos bíblicos, contando e recontando as histórias bíblicas. Longe de serem somente valiosas para crianças, eu prefiro o termo "familiar". Há muitas séries, embora sejam normalmente antigas.

Alguns desenhos de maiores sucesso como "O principe do egito", "josé" eventualmente aparecem. Algumas histórias também são contadas com pouco interesse bíblico como "noé" do desenho fantasia 2000 da disney, estrelado pelo pato donald.

Raro, que eu tenha notado, são desenhos extra-biblicos, mas ainda assim cristãos. O "midinho" do RR Soares é um exemplo raro de desenho animado onde as histórias bíblicas são citadas, mas o contexto é diferente, nos dias atuais. Potencialmente muito educativo, já vi episódios no youtube. Aparentemente eles não se importaram em tirar.

Já ouvi falar também de desenhos animados dos "smilinguidos", as formiguinhas famosas por aparecerem em adesivos de carros, e imagens em geral.

Filmes

filmes cristãos seguem o mesmo espaço criativo dos outros. Há os bíblicos, que são aos meus olhos, a maioria, e os outros, não bíblicos, ou seja, não contando histórias da bíblia. Também há as pregações, que não são exatamente filmes, mas muitas vezes ajudam muito.

Há uma série bíblica que inclui o inicio, Abraão, Jacó, José, Moisés, Ester e Jesus (salvo outros, como Sansão), que recomendo mais que todas que conheci por ser consideravelmente fiel, educativa, entretedora, e completa. Recomendo ter, procurando em locadores ou lojas gospel, a capa costuma ser verde.

Segue uma imagem:




Não querendo desmerecer outras séries, a coleção é a minha favorita, das que vi.

Há outros filmes baseados em personagens da bíblia. Paulo, Sansão, Rute, e especialmente Moisés e Jesus são os mais usados como personagens principais que acabam nomeando, muitas vezes, os filmes.

Alguns filmes parecem muito inexatos, e injustos, e acabam lançando boatos ao colocar falas na boca dos outros. Quer uma dica? Pegue a bíblia e acompanhe.

Destaca-se ainda, a série que está na moda atualmente, "Rei Davi". no Gospel +, se bem me lembro, há acesso a história toda. Se legalizado ou não, não tenho certeza, mas parece estar no youtube.

Agora, passando para filmes extra-biblicos, a coleção é muito menor, mas existe.

O peregrino, baseado no livro cristão, já tem que eu sei, duas versões.
A cruz e o punhal é outro filme baseado em livro cristão, desta vez, baseado numa história real de um pastor que luta para converter uma gangue.
"Em seus passos o que faria Jesus" é outro filme baseado em livro, e que, em minha opinião, não deixando de ser bom, perdeu muito em relação ao livro.


A série deixados para trás faz muito sucesso como série do fim dos tempos, baseada no apocalipse. Como defensor da teoria da salvação total, devo declarar meu enorme repudio pela série, de 3 episódios (e que rendeu um jogo, onde aparentemente se mata pessoas, depois de se aceitar a Cristo), por seu desprezo a almas condenadas, como o anticristo, e sua exaltação (que se torna até a prova de bala). Não negando que há pontos educativos, especialmente no primeiro episódio, sobre moral e importância de aceitar a Cristo, considerei o filme detestavel.

Não quero que esqueçam, há outros muitos filmes que usam essa temática, de fim do mundo (para não mencionar demônios e expulsão demôniaca) e nem por isso não são tenebrosos, cruéis, e anticristãos em brincar com a maldade, e fugindo da idéia cristã de converter os inimigos, para enfrenta-los num terrivel combate do bem contra o mal. O filme "O fim dos dias" destaca-se como um filme que assisti na infancia, um pedaço, saindo do cinema no meio. O filme inclui sacrificios de animais, morte de pessoas boas e justas de forma horrenda, orgia com o anticristo e possessão de padres. Um lixo intelectual, e glorificação da maldade. Por isso desaconselho assistir esse tipo de filme, que criam teorias apocalipticas em desprezo das almas. A imaginação dos cristãos quando se trata ao fim do mundo é perversa, e a midia ajuda bastante.

Mas deixando as trevas de lado por um momento, voltando a série de filmes, há uma equipe responsavel por pelo menos 3 jóias do cristianismo:

A Virada
Desafiando Gigantes
A prova de fogo

Nos três geniais filmes temos mensagens cristãs que tem evangelizado o mundo e reeducado crianças e adultos. Digno de ser tema de palestra, valeriam uma ida até ao cinema. Se sua locadora não tem... RECLAME!

Além destes três, eles já teriam feito outro filme sobre ser policial e pai, ou algo assim. Não assisti ainda, mas aguardo.

A virada trás educação sobre como gerenciar os negócios de homem que se converteu.
Desafiando gigantes mostra um treinador de futebol americano que decide colocar Deus no centro da sua vida e da sua equipe. Como nos filmes de esportes costumam ser, uma equipe está perdendo, e ele cria estratégias para levar ao sucesso.

Não nego que futebol é uma competição um tanto egoista, não se importando com os outros. Mas em termos de ensino de fé, o grande tema da história, o filme dá um ensino TREMENDO, EXCELENTE, BRILHANTE sobre atitude de quem crê.

A prova de fogo é um romance que segue um estilo incomum. Ao invés de um casal de imprudentes namorando, temos um casal casado, sob risco de separação. O bombeiro recebe um livro contendo ensinos de como reconquistar a esposa. O amor sincero, e o combate a pornografia são temas do filme. Muito bom.

O filme rendeu livro, e além do livro de mesmo nome, há também o livro do desafio de amar, que parece ser o livro usado pelo personagem na história para tentar reconquistar a esposa. Para quem amar demais o filme, ou a idéia, fica a dica.

Como já estou falando de livros, recomendo estes:

Em seus passos o que faria Jesus
O peregrino

Não se esqueça da bíblia, por favor.
Livros infantis e revistas como de escola dominical também são bons para enriquecer.

Passando para pregações, temos muitas online gratis, mas também gosto de recomendar alguma coisa.

Silas Malafaia tem um habito de fazer uma pregação, um video contendo ela, e um livro com o mesmo tema. Os seus parceiros fiéis recebem o livro. Baratos, ajudando o ministério, enriquecem por serem curtos e fáceis de ler. Mas ao menos eu, depois de algum tempo, comecei a achar repetitivo, como acho todos os pregadores, mesmo os mais brilhantes. Os videos de pregação não são essenciais, pois você pode assistir na TV. Mas alguns raramente passam, como o "criação e evolução, quem está com a razão", "aborto e homossexualidade", dentre outros que podem ser do seu tema favorito. No caso, basta ir no site da editora central gospel e procurar o seu.

Em termos de pregações, Mike Murdock, norte-americano, tem um siste, o wisdomonline.com que tem pregações gratuitas e videos todos os dias. Seus livros, especialmente "A lei do Reconhecimento" e "O Designo" são brilhantes. Mas saiba: a fonte de conhecimento é rica, diferente de tudo o que você ouve dos pregadores, muito mais profunda, mas mesmo assim: depois de certo tempo se torna um pouco repetitivo.

Ainda assim, considero-o o mais sábio, rico e diversificado pregador do mundo.

Em termos de livros, Mike Murdock é meu favorito. Joyce Mayer, Max Lucado são icones. Não que eu esteja habituado a ler eles.

Benny Hiin escreveu no minimo dois livros, "Bom dia espirito santo" e "bem vindo espirito santo" que são famosos, e muito criticados. Não li inteiro, mas só estou falando de literatura famosa, e tentado ser completo.

Passando para programas, Ilumina é o melhor programa que conheço. Hoje acho que ainda há na editora central gospel por uns 100 reais e vale cada centavo, tendo animações de computador para trechos da lei, mostrando o tabernáculo, o templo, e vestimentas de sacerdotes com alta qualidade. Tem também enciclopédia, bíblicas comparadas, linha do tempo... Um verdadeiro centro de conhecimento bíblico, de dar inveja.

Mas para quem não tem tanto dinheiro, há outros programinhas de bíblias para ler, e até mesmo sites com coleções de bíblias em diferentes linguas, como o biblia online, gratis.

Essas bíblias são ferramentas de busca de versículos e termos muito mais rápido que a bíblia convencional. Se você ainda não substituiu sua bíblia escrita por um tablet ou computador, ou ao menos celular, acredite: está perdendo tempo. Literalmente. Não querendo desprezar o livro no papel, mas não há nada de sagrado nele. As ferramentas bíblicas são excelentes.


Falando em programas cristãos, jogos são uma area de grande fracasso. Mal vistos pela sociedade, os jogos, apesar de seu potencial educativo e entretedor, são bem pouco explorados. Dentre as poucas tentativas estão joguinhos de quebra cabeças, ou resposta de perguntas. Um jogo baseado na série deixados para trás, eu já citei, parece ser um jogo em que se tem de matar pessoas, o que parece muito contrario a valores cristãos.

Não diferente desse, seria um outro jogo cristão que ouvi falar mas nem quis guardar o nome, em que você mata demônios e orcs. Mais uma vez, insisto que em se tratando em filosofia cristã, a ideia é abominavel, sendo vingativa e desprezadora de almas além de ser criadora do mal, para entretenimento irresponsável.

Estou buscando investir em jogos cristãos.

Se você não sabe, saiba que musicas cristãs nós temos em grande quantidade, mas elas não costumam ser tocadas tanto mundo a fora. Os "shows gospel", tão criticados, poderiam ajudar as pessoas a serem evangelizadas e desviar a atenção delas de musicas de conteúdo anticristão, especialmente em derespeito a lei do casamento...


Verdade Gospel e especialmente o gospel + são sites de noticias que recomendo de visitar e pedir que encha sua caixa de e-mail com noticias, pois juntos equivalem a uma veja, ou jornal nacional, cristão.

Não me lembro de ter dito, mas digo: isso é história. Jornal, noticiarios, revistas de noticias, são mecanismos de registro da história. "atualidades" nada mais é que a história recente. Assim o sendo, recomendo que leiam tais sites, e busquem ver e melhorar essa que um dia será lida em livros como a história do cristianismo em andamento. Homossexualismo, aborto, perseguição a cristãos, polemicas de pregadores, construção de templos, rivalidades com ateus e outros grupos religiosos, e política envolvendo cristãos, além de denuncias são noticias tipicas desses sites. Se você assistia jornal nacional, porque não este? Este quem sabe lhe faça enxergar mais que você pode fazer a história.

Em outro artigos falarei de mídias e séries populares não necessariamente cristãs, até mesmo "apateistas", ou seja, indiferentes a Deus, mas que podem ser educativas. Também falarei de franquias, séries, programas, jogos que fazem sucesso, crescem, e influenciam a sociedade, e que precisam de conversão ou melhorias.

Como acompanhei por muito tempo jogos e filmes, pretendo cooperar para uma visão critica de desenhos como da Disney, jogos, séries, dentre outros.

Tenho feito estudos sobre a ética desses conteúdos.

Quero deixar claro que na minha pesquisa e na minhas citações não fui completo. Há outros filmes cristãos, diversos que não assisti, e coisas que não conheço bem. Reparem que musica, mal citei, embora seja o maior segmento cristão. Outro dia, pretendo falar também de peças de teatro cristãs, que tem 'algum sucesso ou impacto.

sábado, 7 de abril de 2012

Artigo de Ensino - Luz e Trevas

Estou buscando usar diferentes mecanismos de ensino. Pretendo ainda ter cada um dos meus ensinos e mensagens enviadas em toda forma de mídia, em todo tipo de arquivo, em todo formato que eu achar interessante (quanto + melhor, teóricamente), por coleção. Porém, estou apenas experimentando algumas mídias no momento.

Ensinos poderão vir em diferentes formatos, videos, slides, imagens, artigos, apostilas, livros... Poderão vir em CD ou DVD, ou até em programas de ensino. Estou construindo ainda tanto o conhecimento quanto a capacidade de trabalhar nas diferentes mídias. Algumas coisas porém, como este texto, ficam melhor em artigo escrito, visual, do que vídeo sem imagens preparadas (coisas que estou ainda aprendendo a fazer).

Segue-se o artigo, com um dos meus mais profundos ensinos, que tem forte relação com o estudo de lógica do pensamento. Vejo que Jesus foi grande lógico.


Boa noite irmãos (calma, leiam e tentem entender porque lhes disse boa noite):

Estudo a verdade e a falsidade, a fé, o conhecimento. Isso tudo me ajudou a abrir o entendimento para uma série de falas de Cristo, que antes, me eram enigma.


Jesus falava muito com símbolos, analogias. Analogias, comparações, como as das parábolas são feitas usando semelhanças de um sistema e outro. Compara-se uma coisa com a outra, se aproveitando das semelhanças para falar de como funciona uma desconhecida falando de outra. Isso ajuda na memorização.

A parábola do semeador é fácil entender hoje, com explicação que Ele mesmo deu. Porém, muitas falas de Jesus não foram explicadas. A da luz e das trevas e do olho bom e mau são apenas exemplos de falas que não tiveram explicações logo em seguida. Isso abre brechas para interpretações

Eis, para que leiam, dois trechos:

A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;
Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
Mateus 6:22-23


A candeia do corpo é o olho. Sendo, pois, o teu olho simples, também todo o teu corpo será luminoso; mas, se for mau, também o teu corpo será tenebroso.
Vê, pois, que a luz que em ti há não sejam trevas.
Se, pois, todo o teu corpo é luminoso, não tendo em trevas parte alguma, todo será luminoso, como quando a candeia te ilumina com o seu resplendor.
Lucas 11:34-36

Que significa isso?

Existem dois sentidos para a palavra verdade que se confundem: realidade, e conhecimento.

Dada uma determinada proposição, uma proposta ela é verdadeira ou falsa.

O conhecimento é verdadeiro, se corresponde a realidade, se é coerente com ele. Senão é coerente, é conhecimento falso.

Assim, temos que pessoas podem:

crer numa verdade - > conhecimento verdadeiro, sabedoria, credulidade (fé)
ignorar   -  > ausência de conhecimento, ignorância, incredulidade
crer numa falsidade - > conhecimento falso, tolice, crença errada (fé falsa)

Exemplo: assumindo a existência de Deus, temos que:

crer que Deus existe = ser sábio, saber algo, ao menos isso.
não crer, nem negar = ateismo fraco, pode ser um ignorante, ou alguém que não aceita.
crer que Deus não existe = ser tolo, crer em algo errado, ao menos isso.

Pessoas podem saber muitas coisas, sendo sábias, e errar uma, sendo tolas ao mesmo tempo (por isso Deus faz os sábios serem loucos). Tolos em muitas áreas podem ser muito sábios em outras, podem ser gênios. Tolo seria simplesmente alguém que crê errado.


Tendo isso em mente, olhem esta associação:

verdade = luz
ignorancia = ausência de luz, escuridão
falsidade, mentira = trevas, distorção da luz, escuridão intensa.

Porque essa associação? Ela está em toda parte:
aluno = ausente de luz
iluminado = alguém que alcançou alguma revelação ou conhecimento.
cego = pessoa que não vê, que não consegue ver, ou seja, que não sabe, que não consegue aprender.

Olhem como encaixa, com perfeição (aos meus olhos, ou seja, segundo meu conhecimento) com as palavras de Jesus:

A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;
Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
Mateus 6:22-23

Aquilo que ilumina o corpo, que torna a realidade conhecível, são os olhos, porque absorvem a luz, o conhecimento, que representa a realidade.

Olhos bons, simples, significariam mecanismos de busca de conhecimento correto, saudável, eficiente.

Trevas seriam como distorções da realidade, como as sombras que parecem algum outro objeto, ilusões de ótica, distorções da luz normal. Conhecimento falso faz isso, distorce nossa percepção da realidade.

Se o nosso mecanismo de adiquirir conhecimento for bom, todo nosso corpo terá o conhecimento. Se for mau, nós creremos em coisas falsas.

Quando alguém crê numa mentira, acha que é verdade, assim como quem crê numa verdade. Parece luz para ela. Quando Jesus diz "se a luz que em ti há são trevas, quão grandes são (ou serão) tais trevas!" creio que está dizendo "Se o que você pensa que é verdade, na verdade é mentira, que mentirona, que até te enganou a ponto de crer que era verdade! Se você achava que sabia, e não sabia, que ignorância terrível hein?!"

Trevas pode se referir a falsidade, mas também pode se referir a ignorância, escuridão, pois entre ignorar e crer errado há de falto pouca distancia. Quem crê errado ignora a verdade também.

Jesus fala para checarmos se alguma luz que há em nós não são trevas. Usando a simbologia para interpretar, temos que ele está dizendo algo como "vê se o que você pensa que é verdade não é mentira". E fala mais, que se não houver mentira nenhuma dentro da pessoa, ela vai enxergar completamente, como quem está iluminado por um lampião, lampada, ou coisa semelhante.

A analogia entre luz e conhecimento é forte porque: a realidade independe do conhecimento, mas o conhecimento "emana" dela, assim como objetos reais existem com ou sem a luz, mas emitem luz, (seja deles mesmos, seja em reflexo de outras), tornando-se conhecíveis.

A analogia é tão forte, que está em muitas outras partes da bíblia. Jesus é a luz do mundo. Certa vez disse que enquanto Ele estava no mundo, era a luz do mundo, dizia para que cressem na luz enquanto ainda estava com eles, e coisas do tipo.

Ser luz, no caso, é porque Ele tinha a luz dentro Dele, e a emitia. Por isso se diz que os que estavam nas trevas viram uma grande luz, e os que tinham obras más não vinham para a luz, amavam mais as trevas, porque o conhecimento verdadeiro deixaria evidente que o que eles faziam era mal.

A fala "ninguém pega a candeia", a lampada, a coisa que ilumina, e coloca debaixo da cama, mas antes coloca onde ilumina é um convite ao evangelismo. Ninguém, tendo um conhecimento verdadeiro, bom, precioso, como o de ética, os ensinos de Cristo, etc, deveria fazer essa loucura de guardar a informação para si, antes deveria fazer tudo aquilo que sabe ser sabido pelos outros também. Deve-se colocar o conhecimento, diz Ele segundo interpretação minha de suas palavras, num local bem fácil de todos verem, iluminando todos.

Creio que essa analogia é muito comum. Deus a usa o tempo todo, mesmo profecias pessoais podem ser usando essa simbologia, e em diversos outros trechos onde o termo dia, noite, luz, trevas, são usados, olhos, cegueira, etc. Olhem esse trecho:


Disseram-lhe os discípulos: Rabi, ainda agora os judeus procuravam apedrejar-te, e tornas para lá?
Jesus respondeu: Não há doze horas no dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo;
Mas, se andar de noite, tropeça, porque nele não há luz.
João 11:8-10

Isso disse Jesus logo depois de falar que queria ir para a Judeia. Interpretei assim:
Quem é a luz? Cristo. as horas do dia são fruto da distancia da fonte de luz. Quando o sol está bem no alto, bem perto, é dia. Quando ele está se afastando, começa a escurecer.

Enquanto estava no mundo, Cristo era a luz do mundo. Se minha interpretação é correta, Ele deve estar querendo dizer que quem estava perto dele não errava, porque tinha Ele por perto para mostrar a verdade. Mas quem não tinha Ele por perto tropeçava, porque não tinham conhecimento neles próprios.

Aquilo que parecia antes uma reposta sem pé nem cabeça se torna algo lógico e compreensível: Ele queria voltar para a Judéia porque os outros estavam errando porque Ele não estava lá para ensina-los, enquanto os discípulos viviam com Jesus, que os ensinava a não cometerem erros. Ele estava tendo compaixão.

Então, acharam coerente? Interessante? Algo a acrescentar? Tenho visto na bíblia muitos outros trechos que usam expressões como "trevas exteriores" que creio que ficarão mais claros de entender assim. Como quando Jesus disse que enquanto muitos viriam do oriente e ocidente se juntar a Abraão, Isaque e Jacó, os filhos do reino (os judeus, que não esperavam isso, pois contavam serem filhos do reino de Deus) seriam lançados nas trevas, iriam ficar sem entender nada, e ali haveria choro e ranger de dentes. Se for isto, esta profecia já se cumpriu.

Bom dia então irmãos? (ou seja, entenderam?)

Em resposta a criticas ao Deus bíblico - Novo vídeo

Novo vídeo, segue-se com fácil acesso, para ver aqui, no youtube, ou pegar o link.



acesso no youtube
http://www.youtube.com/watch?v=N2bCcvVCGEE

O vídeo contém respostas a criticas de ateus ao Deus da bíblia envolvendo o problema do mal, algumas leis de Deus, dentre outros pontos. É parte de uma longa apologética para com os ateus, e também exposição de coisas pouco compreendidas da bíblia.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Novo livro - Introdução ao criacionismo bíblico

Após um bom tempo estudando, fiz meu primeiro livro.Introdução ao criacionismo biblico

Introdução ao criacionismo bíblico é um livro voltado a preparar cristãos para serem conhecedores profundos e pesquisadores do assunto. 37 paginas, 12 capítulos, é uma leitura relativamente leve, mas educativa sobre o tema. Longe de trazer todas as respostas, ajudará porém outros a terem um conhecimento básico para começar as suas pesquisas.

Diferente de outros livros que li, que se focam em dizer que a teoria da criação tem base, que certos pontos de teorias concorrentes estão fracos, o foco do livro é o preparo e incentivo para a busca do conhecimento.

O livro online é grátis. Buscarei fazer produtos gratuitos sempre que possível, e pedir oferta de pessoas que queiram e possam dar alguma coisa. De minha parte quero ser o mais leve possível para todos. Mas fica o pedido, se alguém tiver sobrando ajuda financeira, ou mesmo conhecimento ou mesmo quem esteja interessado em ouvir, ler, conversar, debater.

Também não quero adquirir a má fama de outros pastores e pregadores de viverem do lucro dos outros e não serem semeadores financeiros na vida dos outros. Ao contrário, quero semear não apenas obras, e ensinos, mas também dinheiro e trabalho. Se alguém precisar de um empréstimo pequeno, sem juros nem tempo limite para pagar, nem obrigação para pagar, uma oferta até mesmo, dado sem exigências, como ensinado por Cristo, sinta-se livre para pedir. Minhas finanças atualmente são de desempregado vivendo de mesada, mas não vou deixar de me dispor a emprestar, sei que pode haver pessoas mais necessitadas do que eu ou que podem fazer o dinheiro render.

Empréstimos ou doações pequenos, na faixa de 50 reais, eu estou em condição de dar. Também estou interessado em estar ciente dos interesses e necessidades de todos que se disporem a se comunicar comigo. Se eu não puder ajudar muito financeiramente, posso não apenas orar (também isso), mas também ver se arranjo outra solução, como alguém que possa. Também estou disposto a trabalhar, gratuitamente, em qualquer atividade digna, posso fazer serviços das áreas que tenho algum domínio, ou aprender a fazer.

Só quero dizer a todos que me ouvirem: contem comigo. Empresto de graça, dou dinheiro de graça, ajudo de graça, enquanto tiver condições de fazer isso. Eu me esforço, contém comigo. Mas peço que busquem o reino de Deus e a sua justiça, como eu também estou buscando.